New here? Register. ×
×

Desordem urbana toma conta de Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 12:48 do dia 30 de janeiro de 2019
Sobre: Calçadas ocupadas
30jan

Calçada da Rua Moacir Padilha ocupada no Centro

Garagem sendo construída na calçada da Estrada Francisco da Cruz Nunes

A desordem urbana tomou conta de Niterói. Há muito tempo, pode-se fazer de tudo, sempre com a conivência do poder público, que fecha os olhos para as mais absurdas construções ocupando calçadas e avançando até as pistas de trânsito.

Na Estrada da Garganta, que é uma das opções de ligação com a Região Oceânica de Santa Rosa a Pendotiba, a ocupação vem sendo feita por prédios de até três andares; casas erguidas junto à pista; e garagens de carros bloqueando calçadas, obrigando pedestres a andar no meio de vias de trânsito intenso com risco de vida.

Isso é comum em muitos outros pontos da cidade, como na Rua Moacir Padilha, que liga o Centro à Zona Sul, onde moradores e comerciantes dos morros do Estado e do Arroz ocupam todos os centímetros possíveis dos espaços destinados às calçadas.

Na Estrada Francisco da Cruz Nunes, no trecho da Hayasa ao Parque da Colina, novas construções estão afunilando a via, cada vez mais estreita.

As últimas administrações municipais têm fechado os olhos para o crescimento desordenado de comunidades, principalmente em áreas de risco. Quando ocorrem tragédias como as do Bumba e do Boa Esperança, que poderiam ter sido evitadas, as autoridades do município sempre aparecem com as mais esfarrapadas desculpas. E fica o dito pelo não dito.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

6 thoughts on “Desordem urbana toma conta de Niterói

  1. Niterói está abominavelmente feia. Se vier pela ponte, favelas por todos os lados fora o fedor; se vier pelas barcas da praça XV, vê o morro do Estado e o caos da Av. Rio Branco; se vier pelo Catamarã Charitas, tem o morro de preventório como cartão de visitas.
    E não é só nas entradas da cidade. Visitar os fortes você passa por dentro de favelas, se visitar a lagoa de Piratininga, favela no entorno. Caos arquitetônico e caos social.

    1. Engraçado o que o Jornalista Gilson fala não é novidade.Todos sabem que Niterói é uma Cidade Partida onde temos a Cidade Visível e a Cidade Invisível onde as duas se fundem.Só que existe uma diferença gritante.Na Cidade Visível existe os Ordenamento Urbano e Jurídico,diferente das Cidades Invisíveis que não existe ordenamento urbano e jurídico,já que estes ordenamentos ficaram a critério do Crime Organizado ou não,Agora existe uma questão que pouco se discute e se discutiu que foi o plano diretor da Cidade de Niterói, que foi sancionado pelo atual prefeito,sem que as demandas urbana e seus ordenamentos fossem discutidas,onde a população reivindicava que o município colocasse no plano diretor da cidade a proposta de o município fazer um estoque de terras para para fins de moradias populares.com isto diminuiria o déficit habitacional da cidade e atenderia uma demanda das Cidades Invisíveis,onde o ordenamento urbano atenderia as duas cidades e não somente a Cidade Visível.Nas Cidades invisíveis não existe ordenamento jurídico e urbano,portanto,portanto não não existe leis que regulamenta os espaços e territórios nas Cidades Invisíveis

      Tião Cidadão.
      Controle social.
      Niterói,30/01/2019,19:03 min

  2. gostei do comentário sim!!Se deixar vira bagunça mesmo. E onde estão os fiscais de postura? tem que ir a campo fotografar e depois enviar notificação ,primeiro,depois se não for retirado ,uma multa e depois retirarem estas obras irregulares que avançam em calçadas. etc etc.Querem melhorias? pois é né!! todos merecem calcadas e saneamento básico etc etc. E isto tem que fazer sempre..NÃO É SACANEAR O MAIS HUMILDE, MAS ASSIM VALORIZARÁ MUITO ÁREAS .O POVO TA MUITO COBRADO SEM PUDER VIVER DIGNAMENTE,CONCORDA? EXISTE ÁREAS ESQUECIDAS EM TODO LUGAR.

  3. O prefeito está preso. Bem preso. A câmara além de rabo preso, acumpliciam, pois já deveria ter decretado o impeachment do prefeito. Os gestores estão assustados, no sapatinho, quietinhos, na esperança que a onda da lava jato não balance o mar demais, ou muita gente pode se afogar. Os gestores estão satisfeitos em bater ponto, receber as gordas comissões e ficar no bem bom do ar condicionado torcendo para que ninguém perceba que eles existem. Tudo democrático, tudo eleito e reeleito pelo niteroiense, que nem mais para bispo tem como reclamar. Ainda bem que existe o jornalista Gilson Monteiro!

Comments are closed.

Menu