New here? Register. ×
×

Cultura largada no mato em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 11:35 do dia 13 de abril de 2019
Sobre: Abandono
13abr

A sede da Universidade Federal Fluminense, onde no passado funcionou o Cassino Icaraí, um dos cartões postais de Niterói, está no mais completo abandono, com a grama grande e maltratada; a fachada do prédio com paredes enegrecidas pela infiltração de água que desce pelas sacadas e o seu vistoso relógio, em que os niteroienses estavam habituados a conferir a hora, parado há muitos meses.

A poucos metros dali o prédio do Cinema Icaraí, adquirido pela UFF e agora vendido para a prefeitura, está longe de ser um Centro Cultural e abrigar a Orquestra Sinfônica, como se justificou a transação imobiliária, também está largado as traças, com a fachada toda riscada e com as janelas quebradas recebendo a água da chuva.

Se a vitrine da universidade está nessas condições de relaxamento, como não estarão as outras unidades da UFF, longe dos olhares da cúpula do Magnífico Reitor?

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

4 thoughts on “Cultura largada no mato em Niterói

  1. Bom dia!! Verdade tenho uma criança que pratica futebol no Campus da UFF.
    No caso e aluno do coluni ele começou a pouco tempo mas tal foi o meu espanto q/ cheguei p/ apanha lo o campo onde as crianças jogam feliz da vida p/ que gostem do esporte todo cercado de mato e perigoso não só p/ ele mas p/ nos pais também porque temos que passar na lateral de uma das quadras e é só mato deixo aqui a minha indignação.

  2. O prefeito Rodrigo Neves voltou, da cadeia, com vontade de recuperar o prazo que ele ficou afastado. Está anunciando várias ações públicas sem observar que,agora, ele tem pouco tempo para cumprir o que promete. Essa história de adquirir o prédio do Cinema Icaraí é antiga e vai acabar deixando-o em maus lençóis. O niteroiense não merece mais assumir o ônus das besteiras que ele já fez. Veja o exemplo dos estudos sobre as áreas de risco que ele encomendou em 2016 e que, até hoje, não foram concluídos ou anunciados.

  3. Ontem eu fui assistir um filme lá e percebi o abandono que está o jardim na frente da Reitoria, com muito mato e em completo abandono. Um descaso com uma das maiores Universidades do Brasil. Lastimável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu