New here? Register. ×
×

Central fica fechado. Decreto deixa clubes abrirem, mas proíbe quase tudo

Escrito por Gilson Monteiro às 11:08 do dia 22 de junho de 2020
Sobre: Isolamento social
  • Clube Central
22jun

CentralO Clube Central, um dos mais ativos de Niterói, decidiu não reabrir, ainda, as portas a seus associados. O Comitê de Crise do clube avaliou o decreto publicado sábado, com medidas de flexibilização do isolamento social, e considerou que a Nota Técnica da Fundação Municipal de Saúde  (FMS) sobre essa reabertura dos clubes sociais proíbe quase todas as suas atividades.

Na próxima quarta-feira (24/06), a Associação de Clubes de Niterói (ACN) vai reunir representantes das agremiações da cidade para avaliar em conjunto as determinações da prefeitura e decidir os próximos passos a seguir.

Piscina só com distanciamento de dois metros

A Nota Técnica da FMS, referente ao decreto de flexibilização, veda a reabertura de bares e restaurantes no interior dos clubes, com a proibição de qualquer consumo no local. Proíbe o uso de saunas e hidromassagem, bem como de equipamentos de ginástica ao ar livre. Veda os jogos de sinuca, jogos de tabuleiros, cartas e espaços afins.

E exige ainda a FMS monitoramento do acesso, com a medição de temperatura, uso de máscaras, adequada higienização permanente dos espaços e controle da piscina para assegurar o distanciamento de dois metros entre as pessoas.

Em comunicado aos associados, o Comitê de Crise do Central justificou que “considerando as características de nossa sede social, que diante das determinações permanecerá com intensa restrição de funcionamento, e diante da necessidade de seguirmos prezando pela vida e pela saúde de nossos sócios e funcionários, informamos ao quadro social que o Clube Central NÃO irá reabrir neste momento inicial de alteração da bandeira de monitoramento”.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Central fica fechado. Decreto deixa clubes abrirem, mas proíbe quase tudo

  1. Até que em fim os clubes sociais voltaram a cumprir suas obrigações com a sociedade. Dentre elas a de propiciar e lutar pelo bem estar dos seus associados, das suas respectivas famílias e, por consequência, da comunidade. O Central sempre respeitou esses princípios, sem medo de enfrentar a autoridade municipal. Parabéns.

Comments are closed.

Menu